Menu

Sintracons-Rio acompanha paralisação de trabalhadores na Fiocruz

Sintracons-Rio acompanha paralisação de trabalhadores na Fiocruz

Na manhã desta quarta-feira (06 de outubro), o Sintraconst-Rio participou de uma paralisação de advertência junto aos trabalhadores da Dita Construções, em Manguinhos, dentro da Fiocruz.

A empresa não paga o prêmio produtividade, assiduidade, qualidade e saúde, estabelecido pela cláusula 9ª da convenção coletiva de trabalho -que é fornecido mensalmente aos funcionários caso não haja falta no mês trabalhado-, FGTS e INSS. Uma vez que não pago o prêmio, os trabalhadores não poderão usufruir dos benefícios concedidos pelo Martelão 3S, como acesso a médicos e dentistas, descontos em cursos profissionalizantes e de graduação e muito outros.

Além disso, o vale-transporte estava sendo descontado a 6%, tendo em vista que, segundo a cláusula 13ª da convenção coletiva, o vale deve ser descontado apenas 1% do salário, e também havia descumprimento das normas regulamentadoras, como NR18 e NR35.

Desde junho deste ano, o Sindicato vem tentando diálogo com a empresa afim de resolver todas as questões, no entanto, todas as tentativas foram sem sucesso, o que ocasionou na paralisação de advertência dos trabalhadores.

Após isso, a empresa esteve na sede da entidade e se comprometeu, mediante uma ata, a resolver todas as questões pendentes. Os representantes do Sintraconst-Rio seguirão acompanhando as possíveis adequações.

Last modified onQuarta, 06 Outubro 2021 15:58
Voltar ao topo

SINTRACONST-RIO

Departamentos

Siga-nos

Empregadores