Menu

Terceirizada não pagou, principal fez que não viu... trabalhador parou

Terceirizada não pagou, principal fez que não viu... trabalhador parou

Trabalhador denunciou, Sindicato chegou.

O Sintraconst-Rio recebeu denúncia via WhatsApp (21 98091-3219) sobre irregularidades na obra do empreendimento Union Square e Soho Residence, da Brookfield Incorporações.

A equipe 5 do Departamento de Segurança do Trabalho foi à obra, na Barra da Tijuca, nos dias 15 e 16 de fevereiro. No local, encontrou mais de 20 trabalhadores da terceirizada Tecno Logys com atraso no pagamento.

Uma paralisação de advertência foi feita nos dois dias. O Sindicato cobra a regularização dos pagamentos e chamou à responsabilidade a empresa principal, a Brookfield.

"Além de não receberem, os trabalhadores estão com FGTS atrasado", conta o líder da equipe 5, Ricardo Nogueira.

Há trabalhadores que chegaram a trabalhar já estando de férias.

"Me colocaram de férias dia 9 e me avisaram que estava de férias dia 13. Fiquei quatro dias trabalhando, mas de férias", denuncia um dos operários da Tecno Logys.

A lei trabalhista exige que a empresa comunique por escrito o funcionário sobre suas férias com pelo menos 30 dias de antecedência.

Na manhã de 16 de fevereiro, a Brookfield sinalizou que vai pagar o vale transporte que não foi fornecido aos empregados da terceirizada. Porém, as férias atrasadas, entre outros benefícios que estão faltando, seguem sem previsão de cair na conta dos operários.

O Sindicato vai seguir acompanhando o canteiro.

Voltar ao topo

SINTRACONST-RIO

Departamentos

Siga-nos

Empregadores