Menu

No Sintraconst-Rio: ministro afirma que ações vão fortalecer sindicatos

No Sintraconst-Rio: ministro afirma que ações vão fortalecer sindicatos

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira de Oliveira, garantiu que as ações defendidas pela pasta vão fortalecer o movimento sindical.

A declaração foi feita durante o seminário Os Desafios do Movimento Sindical e suas Perspectivas, promovido pelo Sintraconst-Rio na sede central da entidade, nesta quinta-feira (28 de julho).

Entre as medidas projetadas pelo ministro, está a aprovação do negociado sobre o legislado – projeto que Nogueira chama de "atualização da legislação".

"O acordado sobre o legislado vai fortalecer o movimento e a representação sindical, vamos prestigiar a negociação coletiva", sintetiza ele.

"A (nova) lei vai estabelecer em que parâmetros a negociação (ente trabalhadores e empresários) terá força de lei", completa o ministro. Ele ainda disse: "Não falo em reforma trabalhista, mas em atualização da legislação trabalhista."

O ministro ainda projeta dois programas: um de geração de emprego e outro de qualificação de trabalhadores.

O seminário Desafios do Movimento Sindical debateu também a reforma da Previdência e o custeio sindical.

"Foi um evento que demonstrou a força dos trabalhadores e do Sintraconst-Rio no cenário nacional de discussão e defesa de nossos direitos", destaca o presidente do Sindicato, Carlos Antonio.

Uma prova disso foi a presença do ministro no evento.

O seminário contou com a participação de mais de 400 trabalhadores da construção civil do Rio, além de autoridades e de lideranças sindicais do estado e do Brasil.

O secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho, Carlos Lacerda, lembrou que a conta da crise não pode cair sobre os trabalhadores.

"Quando há crise, falam logo em aumentar a idade para se aposentar. Mas os trabalhadores não vão pagar essa conta", expõe Lacerda.

Integrantes da direção da Força Sindical do Rio de Janeiro apresentaram propostas ao ministro do Trabalho relacionadas aos direitos dos trabalhadores.

Confira a seguir as lideranças e autoridades que compareceram ao seminário Desafios do Movimento Sindical:

Andréia Lira, diretora Federação dos Químicos
Dra. Cristina, empresa CM2
Antonio Ramalho, deputado estadual e presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Paulo
João Campanário, advogado Força Sindical
Bartolomeu França, diretor nacional da Central do Sindicatos Brasileiros
Alex da Mata Barros, coordenador licenciado do Legado Olímpico
Gerson Fraga Tavares, presidente Sindicato Perfumistas
Isaac Wallace, presidente Federação Químicos
José Maria Fernandes, presidente do Sindicato dos Químicos
Sandra Campos, presidente Sintrecesp
Arcílio Ferreira, diretor Sindicato dos Aposentados
Sandoval Marques, Sindicato Químicos Nova Iguaçu
Tarcisio, do Sindicato de Volta Redonda
Valdeci, do Sindicato de Volta Redonda
José Carlos Farias, diretor do Sindicato dos Empregados de Entidades Culturais RJ
Sérgio Barbosa, Federação dos Metalúrgicos

Voltar ao topo

SINTRACONST-RIO

Departamentos

Siga-nos

Empregadores